Blog Oficial Alemdii

Terei carências em um plano de saúde por ser paciente com Doença Inflamatória Intestinal?

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Portador de “doença pré-existente”

Toda pessoa que, na data da contratação do plano de saúde suplementar, tenha conhecimento de alguma doença, é considerado portador de ‘doença pré-existente’, devendo informá-la no questionário chamado ‘Declaração de Saúde’. Portanto, e conforme autoriza a Lei, o plano de saúde poderá SIM estabelecer carências para procedimentos mais complexos e internações relacionados à doença pré-existente. Em regra, tais carências podem ser de até 24 meses. Verifique junto ao seu plano de saúde e entenda bem o seu contrato antes de assinar.

Para uma doença ser considerada preexistente o plano de saúde precisará provar que o paciente consumidor:

  • estava doente antes da contratação do plano de saúde;
  • sabia da doença;
  • ocultou o fato no momento da contratação.

No Estado de São Paulo o Tribunal de Justiça tem entendido que cabe ao plano de saúde submeter o usuário a um exame prévio para apurar a existência de doenças ou lesões preexistentes. Por consequência, entende não ser correta a negativa de cobertura por doenças preexistentes se o exame não foi feito.

É o que consta na Súmula nº 105 do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo: “Não prevalece a negativa de cobertura às doenças e às lesões preexistentes se, à época da contratação de plano de saúde, não se exigiu prévio exame médico admissional.”  Nota-se que o Superior Tribunal de Justiça considera ilícita a recusa de cobertura se não houve exame prévio no paciente, antes da contratação.
O mesmo entendimento também foi adotado pelo Superior Tribunal de Justiça. É o que consta na Súmula 609 do Superior Tribunal de Justiça: “A recusa de cobertura securitária, sob a alegação de doença preexistente, é ilícita se não houve a exigência de exames médicos prévios à contratação ou a demonstração de má-fé do segurado”.

Contudo, saiba que a negativa de cobertura para doenças ou lesões preexistentes não existe na hipótese de urgência e emergência. Havendo recusa no tratamento o consumidor poderá buscar a intervenção da Agência Nacional de Saúde ou recorrer ao Poder Judiciário através de um advogado de sua confiança.

Existe alguma forma de não cumprir tais carências?

Sim. A outra opção chama-se ‘Agravo’. O Agravo é um aumento – geralmente bastante significativo – na mensalidade do plano de saúde. Assim, pagando um preço maior, o contratante pode fazer uso imediato de serviços para os quais, em regra, teria carências em razão de doença pré-existente.

Posso omitir a doença na Declaração de Saúde?

Não. A omissão de informação relevante como essa é considerada fraude. Apurada, pode levar o paciente a ter de reembolsar o plano de saúde das despesas havidas em decorrência da omissão da informação.

Além da declaração de saúde, a operadora pode solicitar exames complementares?

Sim, é direito do Plano de Saúde solicitar exames quando considerar necessário, e até mesmo solicitar que o contratante passe por uma avaliação médica, como se fosse uma perícia de avaliação prévia.
Fontes: 
Cartilha dos Direitos e Responsabilidades dos Pacientes com DII
Direito e Consumo

Visite aqui a página no Facebook, o Instagram Farmale e o Canal Farmale! Não esqueça de curtir a página para saber de todas as atualizações do blog!
Compartilhe essa informação com alguém que possa estar precisando dela!
O Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento.
O Farmale é o blog oficial da ALEMDII – Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais

Publicações relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tradução »

Doe sua história

Cadastre-se

E fique por dentro de nossas novidades!

[sibwp_form id=2]

Nós siga nas redes sociais e curta a página.

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.