Blog Oficial Alemdii

Orientação sobre uso racional de medicamentos

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Farmacêuticas das Unidades Básicas de Saúde orientam sobre uso racional de medicamentos

Você ainda acha que é melhor tomar comprimidos com leite, para “proteger o estômago”? Descarta medicamentos vencidos na pia ou lixo comum? Acha que não há problema em se automedicar? Para combater estes e outros conceitos incorretos sobre uso de medicamentos, integrantes das equipes de farmácia das Unidades Básicas de Saúde (UBS) estiveram na sexta (14/6) no Poupatempo Jundiaí, orientando a população e tirando dúvidas. De acordo com a coordenadora da Assistência Farmacêutica da Unidade de Gestão da Promoção da Saúde (UGPS), Ana Cláudia Jordão Rodrigues, esse trabalho já é realizado nas UBS, mas é importante disseminar informação.

“Nessa época do ano, por exemplo, muita gente tem problemas respiratórios e resolve se automedicar, comprando um xarope contra tosse e um expectorante: um inibe a tosse e o outro facilita a expectoração, então um anula o outro”, exemplifica.

Solange Rocha da Costa Lopes esteve no Poupatempo para renovar a CNH e aproveitou para tirar dúvidas sobre medicamentos. Ela ficou espantada ao saber que remédios devem ser tomados com água, e não com leite. “Faz 50 anos que faço isso, e hoje descobri que o leite não ‘protege’ o estômago, e ainda pode prejudicar o efeito”, disse. De fato, o cálcio presente no leite pode reagir com os compostos do medicamento e promover a perda do seu efeito terapêutico, segundo Ana Cláudia.

Outra orientação foi sobre o descarte correto dos medicamentos, que devem ser entregues em farmácias ou nas UBS. Descartá-los no lixo comum, pia ou vaso sanitário faz com que as substâncias químicas cheguem aos rios e córregos, podendo contaminar a água que bebemos. “Hoje também aprendi como descartar medicamentos vencidos corretamente”, contou Solange.

Orientação
A rede de Atenção Básica das UBS distribui gratuitamente, por mês, cerca de um milhão de medicamentos, entre comprimidos, ampolas e frascos. Para que esses remédios sejam consumidos de forma adequada, os farmacêuticos das UBS orientam os pacientes em grupos – como os portadores de diabetes ou hipertensão – e também individualmente. “Segundo a Organização Mundial de Saúde, a intoxicação por medicamentos é um dos principais motivos que levam pessoas ao hospital”, reforça Ana Claudia. “O uso incorreto da medicação pode ser o fator que está prejudicando o paciente na obtenção dos resultados desejados”.

Fonte: Jornal de Jundiaí

Publicações relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conte a sua história

Farmale é membro

Investidores Sociais

Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

NOSSAS REDES

Inscreva-se em nossa Newsletter

O conteúdo editorial do blog Farmale não apresenta nenhuma relação comercial com os investidores sociais do blog, assim como com a publicidade veiculada no site.

 O blog Farmale faz parte do projeto de comunicação da ALEMDII.

A informação contida neste blog está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso à Informação é um direito seu: Fique informado.

Tradução »

Doe sua história

Cadastre-se

E fique por dentro de nossas novidades!

Nós siga nas redes sociais e curta a página.

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.