Blog Oficial Alemdii

Eficácia e segurança das vacinas

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Vacinas – parte 3

A maioria das vacinas protege cerca de 90% a 100% das pessoas. O pequeno percentual de não proteção se deve a muitos fatores — alguns estão relacionados com o tipo da vacina, outros, com o organismo da pessoa vacinada que não produziu a resposta imunológica adequada.

Quanto à segurança, ou seja, à garantia de que não vai causar dano à saúde, é importante saber que toda vacina, para ser licenciada no Brasil, passa por um rigoroso processo de avaliação realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Esse órgão, regido pelo Ministério da Saúde (MS), analisa os dados das pesquisas, muitas
vezes realizadas ao longo de mais de uma década, e que demonstram os resultados de segurança e eficácia da vacina obtidos em estudos com milhares de humanos voluntários de vários países. O objetivo é se certificar de que o produto é de fato capaz de prevenir determinada doença sem oferecer risco à saúde.

Fonte: SBIM – Imunização: tudo o que você sempre quis saber

Leia mais:

Publicações relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conte a sua história

Farmale é membro

Investidores Sociais

Farmale é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

NOSSAS REDES

Inscreva-se em nossa Newsletter

O conteúdo editorial do blog Farmale não apresenta nenhuma relação comercial com os investidores sociais do blog, assim como com a publicidade veiculada no site.

 O blog Farmale faz parte do projeto de comunicação da ALEMDII.

A informação contida neste blog está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso à Informação é um direito seu: Fique informado.

Tradução »

Doe sua história

Cadastre-se

E fique por dentro de nossas novidades!

Nós siga nas redes sociais e curta a página.

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.